Alunos protestam contra supostas mudanças na Faculdade Redentor

Nas redes sociais dão conta de que cursos como Direito, Engenharia, Nutrição, Serviço Social e Ciências Biológicas estão com os dias contados

0
2643

A semana iniciou com várias manifestações nas redes sociais, por parte de alunos da UniRedentor, que levantaram a hipótese de que vários cursos da renomada entidade educativa no campo do ensino superior estaria fechando suas portas para diversos cursos, em detrimento do curso de medicina.

Segundo os universitários “o grupo AFYA
está buscando realizar o desmonte de vários cursos, desqualificando o ensino, importando em desligamento de alunos e professores, para implementar o pólo de medicina”, apontaram eles na manifestação pela rede social.

A AFYA é um grupo educacional voltado
para o ensino universitário de Medicina no Brasil. No ano passado, a AFYA comprou a Uniredentor, realizando uma transação milionária.

“De lá para cá, tudo piorou bastante para nós, que já éramos alunos do Centro
Universitário da antiga gestão. A ameaça de que o grupo poderia acabar com os
demais cursos da faculdade para transformar o local em um pólo de medicina, enfim, se concretizou”, anunciaram os universitários pela internet.

O Portal Itaperuna Notícias, entrou em contato com a UniRedentor, porém até o momento a empresa ainda não respondeu as indagações sobre as questões levantadas pelos universitários em rede sociais.

Da Redação do Portal Itaperuna Notícias