O cantor Paulinho, integrante do grupo Roupa Nova morre aos 68 anos

0
367

Morreu aos 68 anos, na noite desta segunda-feira (14), o cantor Paulo César Santos, o Paulinho, integrante do grupo Roupa Nova. Ele estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Copa D’or, na Zona Sul do Rio, lutando contra complicações da Covid-19. A informação da morte foi confirmada pela assessoria de imprensa da banda e pela unidade de saúde.

Com uma voz potente e marcante, Paulinho canta como vocalista principal em diversas músicas do grupo Roupa Nova, incluindo hits marcantes como “Canção de Verão”, Clarear, “Sensual” (na versão original de 1983), “Volta pra mim”, “Whisky a Go-Go” (na versão “ao vivo”, no álbum “Agora Sim”, no Roupacústico I e no álbum Roupa Nova 30 anos), “Linda Demais”, “Meu Universo É Você”, “Vício”, “De volta pro futuro”, “Chama”, “Asas do Prazer”, “Os Corações não São iguais”, “Maria Maria”, “Felicidade”, além de canções mais recentes como “À Flor da Pele”, “A Lenda”, “A Metade da Maçã”, “Frio da solidão” e “Já nem Sei mais”

Em 2009, devido a problemas de saúde, foi substituído em apenas três shows do Roupa Nova pelo ex-vocalista da banda Rádio Táxi, Maurício Gasperini. Logo se recuperou e voltou à atividade .

Paulinho esteve com o Roupa Nova desde a sua formação original, há mais de 40 anos. Com o grupo o cantor recebeu em 2009 um dos maiores prêmios da indústria fonográfica, o Grammy Latino de melhor álbum pop contemporâneo brasileiro, categoria em que o Roupa Nova concorreu com nomes como Rita Lee, Ivete Sangalo, Skank e Jota Quest.

Em novembro de 2020, foi internado com COVID-19 no contexto da pandemia do coronavírus,

Da Redação do Portal Itaperuna Notícias