Ministério Público faz recomendações para fechamento do comércio no Noroeste Fluminense

Prefeitos da Região foram notificados da orientação do MPERJ

0
3321

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro, através das 1ª e 2ª Promotoria de tutela Coletiva com sede em Itaperuna, como medida de prevenção à pandemia do coronavírus, notificou os prefeitos dos municípios de Itaperuna, São José de Ubá, Cardoso Moreira, Bom Jesus do Itabapoana, Italva, Laje do Muriaé, Natividade, Porciúncula e Varre Sai, quanto as questões isolamento social de grupos de risco e de casos suspeitos, reduzindo a demanda de cuidados de saúde e protegendo de infecção aqueles com maior risco de doenças graves; e supressão, ou isolamento horizontal, que visa reverter o crescimento da epidemia, reduzindo o número de casos a níveis baixos e mantendo a situação ao longo do tempo, através de isolamento social em massa.

Na Região Noroeste Fluminense o caso é mais gravoso, visto que não existem respiradores para tal demanda, bem como, leitos suficientes para o número previsto de casos se não houver um cuidado extremo para a proliferação do COVID-19. O estudo foi feito pelo Grupo de Apoio ao Ministério Público e que contém dados alarmantes.

O promotor de Justiça Bruno Menezes Santarém falou sobre o assunto