Justiça decreta retirada do ar de especial do Porta dos Fundos

Especial de Natal causou polêmica ao ser lançado

0
283

A Justiça do Rio de Janeiro determinou que a Netflix e o Porta dos Funfos retirem do ar o especial de Natal do grupo humorísitico. A decisão, divulgada pelo colunista Ancelmo Gois e confirmada pelo R7, foi do desembargador Benedicto Abicair, da 6ª Câmara Cível, e vai ao encontro a um pedido realizado pela Associação Centro Dom Bosco de Fé e Cultura.

Para o desembargador, “por todo o exposto, se me aparenta, portanto, mais adequado e benéfico, não só para a comunidade cristã, mas para a sociedade brasileira, majoritariamente cristã, até que se julgue o mérito do Agravo, recorrer-se à cautela, para acalmar ânimos, pelo que concedo a liminar na forma requerida.”

Apesar do decreto da Justiça, o vídeo ainda estava disponível na Netflix às 19h12.

O especial de Natal do Porta dos Fundos, Primeira Tentação de Cristo, faz uma sátira religiosa e tem como enredo o aniversário de 30 anos de Jesus Cristo. Divulgado em dezembro na plataforma de streaming, o episódio causou polêmica e foi alvo de um abaixo-assinado on-line que acusava o grupo humorístico de “ofender gravemente os cristãos”.

Procurada para comentar o caso, a Netflix e o Porta dos Fundos não retornaram o contato até o momento.

Da Redação do Portal Itaperuna Notícias com informações do R7