Vítimas fatais do acidente com ônibus da 1001 na RJ-220 chega a quatro

0
7091

Ônibus fazia a linha Campos dos Goytacazes a Governador Valadares

Chegou a quatro o número de pessoas que morreram no trágico acidente que ocorreu na tarde de domingo (10) na Rodovia Estadual RJ-220, próximo a Natividade envolvendo um ônibus da empresa 1001, conduzido por Eliandro Crespo de Souza, de 52 anos. O veículo que seguia de Campos dos Goytacazes para Governador Valadares bateu em um HB 20, de cor vermelha, com placa de Itaperuna, dirigido por Felipe Rabello de Souza, de 26 anos, com mais três ocupantes. O ônibus caiu em um despenhadeiro em direção ao Rio Carangola.

A RJ-220 ficou interditada para que os socorristas do Corpo de Bombeiros do 21° GBM fizessem os resgates das vítimas.

O registro do acidente e das mortes está sob a responsabilidade da Policia Rodoviária Estadual.

A assessoria de imprensa da viação 1001, informou que 25 passageiros, além do motorista, estavam ônibus e que a empresa está prestando todo atendimento necessário.

NOTA AUTO VIAÇÃO 1001 – ATUALIZAÇÃO 23h30

“A Auto Viação 1001 informa que um dos seus veículos que fazia a linha Campos x Governador Valadares se envolveu num acidente na altura da cidade de Natividade. O acidente ocorreu por volta das 16h30 desse domingo e as equipes de resgate foram prontamente acionadas. O veículo estava com 25 passageiros e, infelizmente, 03 deles não resistiram aos ferimentos.

A empresa está prestando atendimento às vítimas e familiares e está à disposição das autoridades para auxiliar nas investigações.

Assessoria de imprensa – Auto Viação 1001

Vítimas identificadas

A Polícia Civil informou que foi identificado como Alef Carvalho de Oliveira, de 25 anos, uma das vítimas fatais. Morador da cidade de Tombos-MG, ele regressava depois de ficar embarcado durante 15 dias de trabalho. Alef era casado e tinha uma filha. O seu corpo foi removido para o IML de Itaperuna.

Além de Alef, morreram Atair Rangel de Souza, de 68 anos, da cidade de Divino (MG).

Renata Barreto, de 47 anos, natural de Coronel Fabriciano (MG), que seguia para a cidade, onde visitaria familiares.

Natália da Silva Gomes, de 23 anos, que era moradora de Divino (MG).

Os feridos foram levados para o Hospital Natividade, a UPA da Cidade Nova e para o Hospital São José do Avaí. Segu do a assessoria da empresa, todos já receberam alta.

A 140ª DP, a Delegacia Legal de Natividade, investiga as causas do acidente.