Funkeiro MC Sapão morre aos 40 anos no Rio de Janeiro

MC Sapão morreu nesta sexta-feira (19) em decorrência de choque séptico, pneumonia e insuficiência cardíaca.

0
159

O cantor estava internado no Hospital Rocha Faria, onde enfrentava um quadro de pneumonia e insuficiência cardíaca
O funkeiro de 40 anos ficou internado por nove dias, a maior parte deles no hospital Hospital Rocha Faria, em Campo Grande, zona oeste do Rio de Janeiro.

No entanto, um dia antes de morrer, ele foi transferido para o Hospital dos Servidores do Estado. Lá, ficou internado na CTI coronariana para um atendimento específico, mas não resistiu.

Ele deixa quatro filhos: Pedro, Kevin, Odara e Brisa.

História

Jefferson Fernandes Luiz nasceu no Rio de Janeiro, no dia 12 de novembro de 1979.

Criado na comunidade carioca de Nova Brasília, no Complexo do Alemão, Jefferson sempre sonhou em ser artista. Já o nome artístico “Sapão”, surgiu de um apelido de infância.

Em 1999, Sapão ficou preso sob alegação de associação ao tráfico de drogas. Atrás das grades, ele compôs a música Eu Sei Cantar, onde pedia perdão para a mãe e prometia que ia usar seu dom para “coisas boas”. Depois de oito meses, o cantor foi absolvido por falta de provas.

O sucesso de Sapão aconteceu depois de muita batalha. Antes de se tornar cantor, ele trabalhou como borracheiro, porteiro de creche e entregador de flores e marmitas.

Sucesso

Em 2005, Sapão lançou Diretoria, que se tornou uma das canções mais tocadas na comunidade do funk carioca. O destaque musical deu a chance do cantor se apresentar em diversos bailes e clubes no Rio. E, no ano seguinte, ele emendou a boa fase com o CD Tô tranquilão. A faixa título é sucesso até hoje.

Durante sua tragetória, Sapão emplacou diversos hits como Mocinho e Bandido(com a dupla João Neto e Frederico), Deixa Ela Dançar, Vou Desafiar Você e Rei do Baile (com MC Guimê e Mr. Catra).

Sapão também virou “queridinho” das celebridades. Em 2010, ele se apresentou no casamento dos atores Bruno Gagliasso e Giovana Ewbank.

Em 2013, por problemas de saúde, o funkeiro precisou emagrecer 50 quilos. Com força de vontade e sem cirurgia, os exercícios ajudaram Sapão a manter o peso e ajudar no controle da diabetes tipo 2.

Inventivo e bem-humorado, Sapão é considerado um dos maiores nomes do funk carioca.

Da Redação do Portal Itaperuna Notícias com informações do R7