Jogadores do Fluminense entram em greve por causa de salários atrasados

0
72

Os jogadores do Fluminense se revoltaram contra a falta de pagamentos, entraram em greve nesta terça-feira (19) e se recusaram a treinar. Uma dívida que foi confirmada pela diretoria através de Paulo Angioni que conversou com os jornalistas.

A folha salarial do Fluminense hoje gira em torno dos 4 milhões de reais e o clube deve décimo terceiro e férias referentes a 2018, janeiro de 2019, direitos de imagem de novembro e dezembro de 2018 e Janeiro de 2019, uma premiação do Campeonato Brasileiro de 2018 e a primeira fase da Copa do Brasil de 2019.

“Obviamente vem a pergunta de vocês que se tem solução. Se está devendo é porque a gente não tem solução, estamos buscando essa solução num breve espaço de tempo. A ação dos jogadores foi apenas um alerta para todos nós e foi apenas hoje, não quer dizer que vai continuar fazendo isso, amanhã eles estarão treinando normalmente, mas hoje Eles resolveram mostrar a insatisfação deles”, disse diretor executivo de futebol Paulo Angioni.

Conforme a manifestação do o atraso é generalizado tanto os jogadores novos quantos mais antigos estão sem receber o dirigente confirmou ainda que o protesto aconteceu apenas nesta terça-feira e que os jogadores voltarão normalmente aos trabalhos durante a semana.

Da Redação do Portal Itaperuna Notícias