Wilson Witzel ameaça colocar na cadeia quem descumprir quarentena

0
1098

Na coletiva de imprensa realizada nesta segunda-feira (30), Wilson Witzel endureceu o discurso com quem desrespeitar o isolamento social para ir, por exemplo, à praia. “Quem quiser desafiar será responsabilizado. Já estamos chegando ao limite da tolerância. Daqui a pouco vamos ter que começar a levar para a delegacia. Até então foi um pedido, agora estou dando uma ordem: “Não saia de casa”, disse o governador. “É um sacrificio para salvarmos as vidas dos mais debilitados, nossos pais e avós”, acrescentou.

Questionado a respeito de um decreto do prefeito do Rio, Marcelo Crivella, que sinalizou a volta das aulas no dia 12 de abril, o governador foi categórico: “A minha determinação é para que as aulas não retornem. Isso seria um grande fator de contaminação. Se o prefeito Crivella assim o fizer, nós tomaremos as medidas. Entendo que tenho poder de polícia para determinar o fechamento das escolas municipais”, disse.

Em nota, a Prefeitura do Rio esclareceu que o decreto foi uma posição inicial, de precaução, e não há decisão para volta às aulas.

Por fim, Witzel esclareceu que, caso o presidente Jair Bolsonaro tome medidas para flexibilizar o isolamento social, isso poderá ser questionado judicialmente, no Supremo Tribunal Federal. “A um chefe de Estado não se admite que vá na contramão do que dizem organizações internacionais das quais o Brasil é signatário, como o artigo 7 do Estatuto de Roma, de crime contra a humanidade”, ponderou o governador.

Da Redação do Portal Itaperuna Notícias com informações do O Dia